sexta-feira, 7 de agosto de 2015

"Como continuar petista?", por Tati Bernardi

Folha de São Paulo


Nasci numa família petista. Acho que já escrevi isso antes, mas é uma lembrança muito forte: eu morava no Tatuapé, de frente para a fábrica de eletrodomésticos Philco, e o Lula comandava as greves lá. Eu acordava com ele berrando, irritada, mas minha mãe me mandava ter respeito pelo homem que mudaria o país. 

Quando o Lula foi eleito pela primeira vez e subiu a rampinha pra abraçar o Fernando Henrique, lembro da minha mãe no meio da sala, chorando mais do que quando eu voei da bicicleta, quebrei a clavícula e fiquei desacordada por longos segundos.

Sempre votei em todos eles: Suplicy, Marta, Mercadante, Lula, Dilma, Haddad. Mas de uns dois anos pra cá, minha família fez como a Marta: me abandonou, pegou horror ao partido. Se tornaram magoados vingativos. Os xingamentos vão de pinguço ladrão a escória da humanidade. Ela virou a típica senhorinha reaça das redes sociais, postando "Revoltados On Line", ajudando a viralizar vídeos terríveis de ministros sendo vaiados acompanhados de suas famílias. Senti um soprinho de esperança em recuperar meus pais quando num almoço o tema foi difamar o Cunha. Mas, no cafezinho, eles voltaram com força total, mostrando um clipezinho musicalizado da Dilma saudando a mandioca. E o milho também.

Fiquei sozinha nessa. Segui defendendo a ciclovia. Mesmo aturando 80% dos meus amigos falando que na periferia o Haddad deixou a desejar, que a faixa termina em lugar nenhum, que é malfeita, que antes a cidade deveria dar segurança pras pessoas andarem de bicicleta, que quem mandou comprar carro pra aquecer a economia foi o próprio PT. Que ciclovia é coisa pra agradar os alunos "de esquerda, mas com dinheiro" dele, que moram no centro expandido. 

Perdi uma quantidade enorme de amigos (que nunca fiz) quando comemorei a reeleição da Dilma. Tudo bem que fui meio sem noção e escrevi "Chupa Itaim" e "pega no meu pau Vila Nova Conceição" no Facebook. Muitos outros, esses sim importantes, me deram apenas "hide" e avisaram por inbox: "Quando você se curar dessa doença maligna chamada ignorância política, voltamos a falar". Não se "cura" com facilidade algo que se aprendeu a amar na infância. Sigo me agarrando aos poucos amigos que acreditam. Lendo os poucos articulistas que acreditam. Pedindo a um amigo que trabalha com o Haddad que me coloque em contato com ele, pra que eu possa conversar mais, entender mais, e não perder a fé. Mas a cada dia, um bom combatente entrega os pontos. Ligo para um colega escritor intelectual de esquerda e ele me aconselha: "Não escreve sobre isso não, tá feia a coisa, eu não acredito mais".

Está cada dia mais difícil responder "mas tanto foi feito pelos pobres" a cada 765 motivos para deixar de ser petista. Zé Dirceu armou o maior esquema de propina da história e mesmo depois de ser pego, armou de novo! Mas tanto foi feito pelos pobres! Os discursos da Dilma nunca falam com clareza sobre pedaladas fiscais e Petrolão! Mas tanto foi feito pelos pobres! Daí tento "mas nunca em um governo se colocou tanto bandido na cadeia! É a democracia!". Mas Dilma foi uma péssima gestora, olha como está o dólar, a inflação, o desemprego, os cortes na educação, na saúde, na grana dos aposentados! Mas nunca em um governo se colocou tanto bandido...Mas os bandidos estavam mancomunados com o PT ou, em grande parte, ERAM do PT. Mas nunca em... É... Veja bem... Que tristeza tudo isso.

15 comentários:

  1. Não podia dar certo um cara que teve de mentir, mas mentir muito, para se eleger (Lembra-se do Lulinha, paz e amor com sua "Carta aos Brasileiros em 2002), como mentiram Dilma, Renan, Cunha, Maluf, Collor, Sarney, todos unidos até ontem .....
    Que pena de NÓS ..... e eu não sou petista, apenas brasileiro.

    ResponderExcluir
  2. Não podia dar certo um cara que teve de mentir, mas mentir muito, para se eleger (Lembra-se do Lulinha, paz e amor com sua "Carta aos Brasileiros em 2002), como mentiram Dilma, Renan, Cunha, Maluf, Collor, Sarney, todos unidos até ontem .....
    Que pena de NÓS ..... e eu não sou petista, apenas brasileiro.

    ResponderExcluir
  3. Minha filha, me deixe chamar assim, tenho 64 anos.
    Estive com eles.
    Sou amigo pessoal de Paulo Teixeira, participei da CPMI que investigou as ossadas de Perus, processo 2450/90, escrevemos um livro sobre isso publicado pela Câmara Municipal de SP, conheci Zé Eduardo Cardozo como chefe de gabinete de Luíza Erundina, conheço Luiz Eduardo Greenhalg, Ivan Valente, Italo Cardoso, Aldo Rabelo, enfim, conheci muitos deles que esqueço pq a memória me trai.
    Ah, sim, tive em 1991 com Lula em cima de um caminhão da CUT em frente o Teatro Municipal.
    Vi ao longo dos anos os militantes petistas vendendo broches para arrecadar fundo para o PT. Tolos.
    Depois de alguns anos vi Lula e o PT no poder, e veio o mensalão, e ali estava escrito que o PT, seus dirigentes, era igual aos de outros partidos, queriam enriquecer.
    Pulei fora Tati.
    Uma coisa é continuar ser engambelado por pessoas num primeiro momento na crença de que fariam diferente, outra é olhar a realidade e não ver a verdade.
    Nunca fui petista, fui do PDT, do PSB, e por fim, fui no PR (Partido Repugnante, fui por um amigo, tô fora, sem partido, cansei).
    Quando Lula beijou a mão de Jader, vi que ele poderia fazer qualquer coisa pelo poder, e fez, e está fazendo, inclusive roubar.
    Não se sinta mal, o amor que dedicas ao PT é legítimo, mas, ele não te merece.
    Procure gente decente que te ame e que vc seja amada por essa.
    Tu tens uma vida pela frente, vais melhorar, e eu, mesmo na minha idade, continuo a acreditar que um dia todos seremos um pouco mais felizes, continuo com a esperança. Sou um menino nisso.
    Acredite sempre, não perca a vontade de lutar, mas, busque combater com quem seja igual a ti.
    Meu fraterno abraço, Tati.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sensacional.muito lúcido. Parabéns pela visão global.

      Excluir
    2. Sensacional.muito lúcido. Parabéns pela visão global.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Esta pessoa nunca foi Petista.Deve ser um dos 9000 contratados do PSDB para criar noticia.Acho que esta cidadã quer o Brasil quebrado como na época de PSDB.juros a 17,5%,desemprego de 12,0%, dólar a 4,64 % das empresas demitindo,leilão das estatais para pagar juros, CPMF, falta de correção da tabela do IR, Aposentados com 50 anos eram vagabundos,Ida ao FMI, ataque a moeda, corrupção na venda da Vale,da Eletrobras,do SIVAM,da nau dos 500 anos, etc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Semana passada "o melhor partido do mundo" vendeu 27 usinas usinas elétricas sem o menor alarde.
      E agora, mudou de opinião???
      Ou sofre daquele "velho problema petista": Memória seletiva para política e corrupção.
      Hein?!!!

      Excluir
    2. Estão vendendo 9 campos de petróleo produzindo. Mas fique despreocupado anônimo: isso é dinheiro de pinga.

      Excluir
  7. Só anonimo mesmo pra falar tanta bobagem. Não estamos falando de outros governos, estamos falando deste! Mas se precisamos comparar é só lembrar que enquanto no governo do PSDB o Brasil superou ou mitigou os problemas acima, entregando a economia sob forte ajuste, nos governos seguintes seguiu-se a lenta degradação do que se havia ajustado, tudo embalado ainda por uma corrupção desenfreada com nítido projeto político. Ah e quem contrata esses criadores de notícia é o PT, óbvio!

    ResponderExcluir
  8. Não consigo saber quem falou mais bobagens, se foi o Cláudio Lima ou o anônimo. Pois a Tati sempre foi petista (e ainda é) e o PSDB contratou sim pessoas para criar falsas notícias.

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Vi sua entrevista na trip tv de ontem e vim conferir seu texto. Acho que me encontro na mesma situação de hostilidade. mas não me abalei, porque sei que o que sai e o que não sai está sob domínio e manipulação do PiG.
    Mentiras, factoides, manipulação e pregação de ódio serão barrados pelo direito de resposta na imprensa, e a propria web se encarrega de desmentir. desligue a globo que o Brasil melhora! bj

    ResponderExcluir
  10. Sabe Tati, isso é PTcite, uma doença do cérebro. Ela devora o cérebro. Como seus pais já haviam contraído essa peste, em você é congênita. Ou seja você já nasceu com meio cérebro. Ela não tem cura, mas você nunca cai de cama, apenas caminha como um walking dead atrás de uma urna pra votar no lula. Você já pensaou em sucídio?

    ResponderExcluir
  11. Roubar bilhão é crime? No Brasil? Vão contar outra!

    ResponderExcluir