segunda-feira, 17 de julho de 2017

OAS pretende delatar ministros do TCU

Paulo Lisboa - 5.set.2016/Brazil Photo Press/Folhapress
CURITIBA, PR, 05.09.2016 - LAVA JATO - O ex-presidente da construtora OAS, Léo Pinheiro preso na manhã desta segunda-feira (5) deixa o IML - instituto médico Legal após realização de exame de corpo delito em Curitiba (PR).(Foto: Paulo Lisboa / Brazil Photo Press/Folhapress) *** PARCEIRO FOLHAPRESS - FOTO COM CUSTO EXTRA E CRÉDITOS OBRIGATÓRIOS ***
O ex-presidente da construtora OAS, Léo Pinheiro, quando foi preso

Nenhum comentário:

Postar um comentário